JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

PROMETE “DESMANTELAR REDE MAFIOSA” NO SETOR DA JUSTIÇA CÁRCERES: EM BREVE, PÚBLICO VAI SABER

PROMETE “DESMANTELAR REDE MAFIOSA” NO SETOR DA JUSTIÇA  CÁRCERES: EM BREVE, PÚBLICO VAI SABER

Apesar de o Ministro da Justiça, Manuel Cárceres, ter prometido, no passado dia 12 de setembro, que desmantelaria uma presumível “rede mafiosa” na Secretaria de Estado Terras e Propriedades, já se passaram três semanas e ainda está por cumprir a sua promessa.

Vários jornalistas tentaram, na passada sexta-feira (27-09), confirmar junto do Ministro da Justiça a promessa de revelar os contornos relacionados com a disputa de terrenos entre as empresas China Harbour e Marino Entreprise, no município de Liquiçá, mas Manuel Cárceres não quis avançar mais pormenores.

“Não podemos estar ansiosos. Em breve, terão oportunidade de conhecer todos os contornos que estão por detrás desta rede mafiosa por parte da justiça. Será divulgada”, respondeu o ministro aos jornalistas, à margem do lançamento do Legis PALOP+TL, que decorreu no Ministério da Justiça.

O Parlamento Nacional pediu, entretanto, ao Ministro que explicasse detalhadamente o estatuto dos terrenos em Kaitehu, no Munícipio de Liquiçá, que estão atualmente em disputa.

Recorde-se que a disputa de terrenos, em Kaitehu, que envolve as empresas China Harbour e Marino Entreprise, teve a intervenção de Kay Rala Xanana Gusmão. Deslocou-se, na altura, à zona e decidiu retirar a barreira de proteção que divide os dois terrenos por considerar que estaria a impedir o trabalho da empresa China Harbour.

Embora o Ministro de Justiça tivesse igualmente marcado presença, não quis prestar quaisquer declarações aos órgãos de comunicação social. Só passados dois dias é que então Manuel Cárceres proferiu as suas primeiras palavras sobre o diferendo que envolve a disputa de terrenos, afirmando aos jornalistas de que havia “máfia e que, em breve, seria desmantelada”. Tos/Mya

Lee hotu :   Membru Polísia 203 komete violasaun direitu umanu

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
AHI HAN UMA 100 IHA ERMERA, VÍTIMA SIMU ONA APOIU HUMANITÁRIA

Ahi han mutuk uma atus ida...

EMBAIXADOR DE PORTUGAL: AQUISIÇÃO DE NACIONALIDADE PORTUGUESA É MAIS FÁCIL PARA TIMORENSES

O Embaixador de Portugal em Timor-Leste,...

KOMUNIDADE IMPEDE PROJETU TASITOLU-TIBAR

Projetu konstrusaun estrada ligasaun Tasi-tolu ba...

Close