JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

URGENTE – NOVO GOVERNO

URGENTE – NOVO GOVERNO

Díli, 15 set (Lusa) – O VII Governo constitucional timorense, cujo mandato começa hoje, é liderado por Mari Alkatiri e tem quatro ministros de Estado, mas não vai ser empossado na totalidade, com várias pastas ainda por preencher.

A lista de governantes proposta pelo primeiro-ministro indigitado, Mari Alkatiri, foi já assinada pelo chefe de Estado, Francisco Guterres Lu-Olo, e publicada no Jornal da República, permitindo a realização da cerimónia oficial de posse, às 16:00 (08:00 em Lisboa) no Palácio Nobre de Lahane.

Dos cerca de 30 elementos que o novo governo timorense vai ter, apenas 12 vão ser empossados esta tarde, com vários a acumularem temporariamente outras funções.

O Executivo é liderado por Mari Alkatiri, que regressa à chefia do Governo, que ocupou entre 20 de maio de 2002 – foi o primeiro primeiro-ministro desde a restauração da independência e o segundo desde a declaração da independência – e 26 de junho de 2006, quando se demitiu na sequência da crise política que Timor-Leste vivia na altura.

Alkatiri, que será também ministro do Desenvolvimento e de Reforma Institucional, tem ainda como áreas de responsabilidade as Zonas Especiais de Economia Social de Mercado de Timor-Leste (Oecusse e Ataúro e quatro “Zonas Especiais de Desenvolvimento de Território Nacional”) e as Infraestruturas.

Temporariamente e até que tome posse o ministro da Justiça, Alkatiri, líder da Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin), vai acumular a responsabilidade nesta área.

O Governo vai ter quatro ministros de Estado, sendo que, neste dia, só tomam posse três: José Ramos-Horta (ex-Presidente da República), que será também conselheiro para Segurança Nacional, Rui Araújo (ex-primeiro-ministro), que será ainda ministro da Saúde, e Estanislau da Silva, que será ainda ministro da Agricultura, cargo que ocupou no VI Governo.

Adriano Nascimento, do Partido Democrático (PD), será o ministro na Presidência do Conselho de Ministros, e Aurélio Guterres, ex-reitor da Universidade Nacional de Timor Lorosa’e (UNTL), o ministro de Negócios Estrangeiros e Cooperação.


Valentim Ximenes toma posse como ministro da Administração Estatal e Rui Augusto Gomes, ex-chefe da Casa Civil do ex-Presidente timorense Taur Matan Ruak, será o ministro do Plano e Finanças. José Somotxo será o ministro da Defesa, enquanto o cargo de ministro da Educação – que não toma posse hoje – vai ser acumulado temporariamente por Rui Araújo, sendo empossada como vice-ministra a ex-deputada do PD Lurdes BessaAntónio da Conceição (PD), anterior ministro da Educação, será o novo ministro do Comércio e Indústria e Florentina Martins Smith (Fretilin) vai liderar a pasta da Solidariedade Social. Temporariamente, o cargo de ministro dos Recursos Minerais será acumulado por Estanislau da Silva.

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
SABOR A TIMOR Ep.10

GRANDE ENTREVISTA “NOMEASAUN PM FOUN BA VII GOVERNO CONSTITUCIONAL”

JORNAL NACIONAL GMNTV Loron-14 Fulan-Setembru Tinan-2017

Close