JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Governo é que corta 30 dólares da pensão dos veteranos para fundo, não BNU

Governo é que corta 30 dólares da pensão dos veteranos para fundo, não BNU

O Diretor do Banco Nacional Ultramarino (BNU), Paulo Lopes, esclareceu que a retenção mensal de 30 dólares da pensão dos veteranos não é realizada por esta instituição bancária, mas pelo Governo, que canaliza este valor para o Fundo dos Veteranos. 

Paulo Lopes explicou que, neste momento, o BNU tem 17.250 clientes veteranos, cinco mil dos quais a quem foi concedido crédito, sendo o banco com mais clientes veteranos em Timor-Leste.

“Todos os meses processamos o pagamento da pensão destes veteranos e nunca aconteceu o BNU ficar com o seu dinheiro. O banco credita na conta o dinheiro que recebe do Governo. Portanto, se os veteranos estão a receber menos trinta dólares na conta é porque o Governo, na origem, os cativa. O BNU não cativa 30 dólares e nem recebeu ordens de ninguém para ficar com o dinheiro dos veteranos. O dinheiro que vem do Governo é o que nós colocamos na conta”, disse na quinta-feira (03-09), no BNU, Colmera.

Segundo o diretor, os custos das transferências são mais baixos para os veteranos e praticamente nenhum tem de pagar despesas de manutenção de contas.

“Quase nenhum paga despesas de manutenção das contas, porque aos clientes com saldos médios na conta abaixo dos 500 dólares não são cobradas estas despesas”, afirmou.

“Uma outra vantagem muito importante é a identificação do cliente, quando vem fazer o levantamento. Somos o único banco em que é feita a identificação através da impressão digital para garantir que quem levanta o dinheiro é o próprio. Não existe nenhum outro banco com este sistema”, acrescentou.

Também o Coordenador do Secretariado da Comissão Instaladora do Conselho dos Combatentes de Libertação Nacional, Vidal de Jesus ‘Riak Leman’, confirmou que os 30 dólares são retidos e transferidos pelo Governo para o Fundo dos Veteranos recentemente criado e que visa apoiar os veteranos e os seus filhos.

Lee hotu :   TL fo oportunidade ba ema hotu investe, BRI bele fasilita atividades finanseira

“O mecanismo de corte do dinheiro não é do banco. É cativado antes de ser transferido para conta bancária dos veteranos. Este dinheiro é alocado para o Fundo dos Veteranos. Se o gastam dinheiro em cigarros e álcool, por que não hão de poupar para o seu bem-estar e o futuro dos seus filhos?”, disse.

‘Riak Leman’ recordou que o Secretário de Estado dos Veteranos tinha já divulgado este fundo entre veteranos e todos concordaram num corte mensal de 30 dólares nas suas pensões. Explicou também que este valor corresponde a um corte de um dólar por dia.

O Fundo dos Veteranos está, neste momento, depositado no Banco Nacional de Comércio de Timor-Leste e é gerido pelo Secretariado da Comissão Instaladora do Conselho dos Combatentes da Libertação Nacional.

Segundo ‘Riak Leman’, este fundo conta já com cerca de seis milhões de dólares dos 27 mil veteranos. Oct

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
PM Taur: Ha’u seida’uk iha hanoin troka naran Ponte Laleia

Primeiru Ministru (PM), Taur Matan Ruak...

CNRT–PD la partisipa serimónia hatur fali meza PN

Reprezentante povu iha uma fukun Parlamentu...

KM aprova projetu rezolusaun nomea membru Konsellu Administrasaun ANATL

Konsellu Ministru (KM), Kuarta (03/09/2020), aprova...

Close