GMN TV Politika FRETILIN defende demissão de Taur

FRETILIN defende demissão de Taur

0 views

O Vise-chefe da Bancada do Partido Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (FRETILIN), Francisco Miranda Branco, defendeu que o Primeiro-Ministro Taur Matan Ruak se devia demitir, visto que o próprio tinha declarado que a Aliança da Maioria para o Progresso (AMP) já não existia na sequência do chumbo do Orçamento Geral de Estado (OGE) de 2020, a 17 de janeiro.

Francisco Miranda Branco lembrou que Taur tinha afirmado que “a coligação governativa da AMP tinha falecido no dia 17 de janeiro e sido enterrada a 20 do mesmo mês”.

“Caso a AMP já não exista, ele [Taur Matan Ruak] deve resignar, ainda que a legislação não preveja esta situação em concreto. Os políticos aproveitam, por isso, esta oportunidade para brincarem com a situação. Contudo, cabe ao Chefe de Estado efetuar uma concertação, através do diálogo, de modo a pôr fim a este impasse político”, disse o deputado, esta quarta-feira (05/02), em declarações aos jornalistas, no edifício do Parlamento Nacional (PN), em Díli.

O deputado acrescentou que, alguns dias depois, já se registam melhorias, sugerindo a todos os cidadãos que pensassem positivamente.

“Pensemos de forma positiva. Somos um povo que já sofreu muito ao longo de muitos anos. Ele [o Presidente da República] acredita que a verdade virá ao de cima durante o processo e que os líderes políticos se comprometerão na busca de soluções em prol do interesse do povo e do país”, solicitou.

Francisco Miranda Branco referiu ainda que a procura de soluções para este impasse político deve basear-se no artigo 74.º da Constituição da República Democrática de Timor-Leste (CRDTL).

“O artigo 74.º da CRDTL prevê que o Presidente da República seja o símbolo e garantia da independência nacional e da unidade do Estado. O regular funcionamento das instituições democráticas na busca de soluções não deve ser meramente jurídico, mas com base na Constituição”, referiu.

Questionado sobre o assunto, o deputado da Bancada do Partido de Libertação Popular (PLP), Sabino Soares ‘Guntur’, realçou que é o próprio Chefe do Governo que se deverá responsabilizar pelas declarações proferidas e esclarecer o seu teor.

“O processo social visa beneficiar o Estado e o povo. A meu ver, neste tipo de situações, todos devem dialogar, especialmente os partidos políticos com assento parlamentar, na procura de soluções. O Chefe de Estado é que provocou o impasse. Ele [o PR] deverá, pois, reconsiderar a sua decisão inicial. Os líderes da resistência e dos veteranos devem, como tal, estar unidos”, concluiu ‘Guntur’. ety

 


Banner

Foto

Notisia Ikus

PPN: Singapura rejeita TL adere ba ASEAN ne’e normál

August 5, 2021
Prezidenti Parlamentu Nasional (PPN) Aniceto Gut...

FRETILIN husu Governu hadi’ak implementasaun SB

August 5, 2021
Bankada FRETILIN, sujere Governu atu avalia impl...

Governu laiha kapasidade ezekuta OJE

August 5, 2021
Deputada bankada CNRT, Bendita Moniz Magno, kons...

Kevin Blackstone la kontente husik TL

August 5, 2021
Embaixadór Estadu Unidu Amérika (EUA), Kevin B...

Governu seidauk rekupera estragu sira husi DN

August 4, 2021
Parlamentu Nasionál (PN) kestiona, besik ona fu...
1 2 3 625

About

Grupo Média Nacional was founded on the 19th December, 2003 with the aim of contributing to the development of media in the newly independent Timor-Leste. In that respective year, "Jornal Nacional Semanário" weekly newspaper was launched and in 2005 the Group ... more

Phone: 3311441
Email: [email protected]
Address: Dom boaventura no 8, Bebora Dili, Timor Leste.

GMN Map

Copyright © 2021 GMN TV | All right reserved.
apartmentmap-marker