GMN TV Politika ADN vai pagar projetos com resultados positivos

ADN vai pagar projetos com resultados positivos

0 views

[:pt]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:id]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:en]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:tl]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:]


Banner

Foto

Notisia Ikus

Governu sei distribui meza-kadeira ba eskola sira iha territóriu nasionál

May 16, 2022
Governu liuhosi Ministériu Edukasaun Juventude ...

RI-TL konkorda diskute uluk fronteira terrestre

May 16, 2022
Embaixadór Repúblika Indonézia (RI), Okto Dor...

Xanana: Horta sai PR ne’e povu nia vitória

May 16, 2022
Prezidente Partidu CNRT, Kay Rala Xanana Gusmão...

PN haruka Proposta-Lei OR ba PR Lú Olo

May 13, 2022
Parlamentu Nasionál (PN), haruka Proposta-Lei O...

PR eleitu sei deklara TL prontu adopta DFU

May 13, 2022
Prezidente Repúblika (PR) eleitu, José Ramos H...
1 2 3 726

About

Grupo Média Nacional was founded on the 19th December, 2003 with the aim of contributing to the development of media in the newly independent Timor-Leste. In that respective year, "Jornal Nacional Semanário" weekly newspaper was launched and in 2005 the Group ... more

Phone: 3311441
Email: [email protected]
Address: Dom boaventura no 8, Bebora Dili, Timor Leste.

GMN Map

Copyright © 2021 GMN TV | All right reserved.
apartmentmap-marker