GMN TV Politika ADN vai pagar projetos com resultados positivos

ADN vai pagar projetos com resultados positivos

0 views

[:pt]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:id]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:en]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:tl]

O Diretor-Geral da Agência Desenvolvimento Nacional (ADN), Samuel Marçal, revelou que esta entidade está a proceder à inspeção dos projetos que têm evidenciado progressos no terreno e outros que ainda não obtiveram a licença do Ministério das Obras Públicas (MOP).

Segundo Samuel Marçal, dos 142 projetos existentes, o Governo timorense vai proceder ao pagamento daqueles que já viram a sua situação regularizada, preenchendo todos os critérios, após a verificação e recomendação dos técnicos de ADN no terreno.

“O Primeiro-Ministro deu orientações no sentido de os técnicos inspecionarem os projetos que ainda estão em construção bem como outros que já mostraram resultados positivos para que possa ser efetuado o respetivo pagamento. Aguardamos ainda que o Parlamento Nacional aprove a criação de uma Comissão Nacional de Inquérito”, disse Samuel Marçal, no início desta semana, ao JN Semanário, após um encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no edifício do Ministério do Planeamento e Investimento Estratégico (MPIE), em Hudi-Laran.

Samuel Marçal acrescentou que está a aguardar a decisão final do Conselho de Ministros para então efetuar o processo de pagamento dos projetos.

“Todos os projetos que forem aprovados no Parlamento Nacional e que preencham os critérios deverão receber o seu pagamento”, disse o diretor-Geral ADN.

O Diretor-Geral da ADN afirmou ainda que a visita do Primeiro-Ministro ao MPIE visou por um lado, observar o trabalho efetuado pelo ministério relativamente à execução das infraestruturas e, por outro, ver a colaboração entre o MPIE, o MOP e de outros ministérios relevantes na execução do OGE de 2018.

“O Orçamento destinado às infraestruturas para 2018 é de 370 milhões de dólares e deverá ser executado até ao final deste ano. Já disponibilizámos a verba para ser executada nestes últimos três meses”, revelou Samuel Marçal.

Samuel Marçal salientou ainda que esta visita efetuada ao MPIE serviu para apresentar o resultado do seu trabalho.

A bancada da FRETILIN já tinha antes exigido à mesa do Parlamento que criasse uma Comissão de Inquérito Parlamentar para fiscalizar os projetos que ainda não preenchiam todos os critérios. JN-Semanário

[:]


Banner

Foto

Notisia Ikus

PN pede às autoridades sanitárias que inspecionam carne vendida nas bermas das estradas

July 1, 2022
O deputado da bancada da Frente Revolucionário ...

Inflasaun Global halo TL lakon retornu investimentu FP biliaun USD 1.6

July 1, 2022
Ministru Finansan, Rui Agusto Gomes hateten, dur...

Xanana husu nasaun hotu atu proteje Oceano ho baze iha siénsia no inovasaun

June 30, 2022
Líder Nasionál Kay Rala Xanana Gusmão, husu b...

SEFOPE sei hamenus númeru dezempregu iha rai-laran

June 29, 2022
Sekretaria Estadu Formasaun Profísional no Empr...

AJAR apresia TR deside Projetu-Lei Responsabilidade PR inkonstitusionál

June 29, 2022
Diretór ezekutivu Asia Justice And Right (AJAR)...
1 2 3 742

About

Grupo Média Nacional was founded on the 19th December, 2003 with the aim of contributing to the development of media in the newly independent Timor-Leste. In that respective year, "Jornal Nacional Semanário" weekly newspaper was launched and in 2005 the Group ... more

Phone: 3311441
Email: [email protected]
Address: Dom boaventura no 8, Bebora Dili, Timor Leste.

GMN Map

Copyright © 2021 GMN TV | All right reserved.
apartmentmap-marker