JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

FRETILIN defende demissão de Taur

FRETILIN defende demissão de Taur

O Vise-chefe da Bancada do Partido Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (FRETILIN), Francisco Miranda Branco, defendeu que o Primeiro-Ministro Taur Matan Ruak se devia demitir, visto que o próprio tinha declarado que a Aliança da Maioria para o Progresso (AMP) já não existia na sequência do chumbo do Orçamento Geral de Estado (OGE) de 2020, a 17 de janeiro.

Francisco Miranda Branco lembrou que Taur tinha afirmado que “a coligação governativa da AMP tinha falecido no dia 17 de janeiro e sido enterrada a 20 do mesmo mês”.

“Caso a AMP já não exista, ele [Taur Matan Ruak] deve resignar, ainda que a legislação não preveja esta situação em concreto. Os políticos aproveitam, por isso, esta oportunidade para brincarem com a situação. Contudo, cabe ao Chefe de Estado efetuar uma concertação, através do diálogo, de modo a pôr fim a este impasse político”, disse o deputado, esta quarta-feira (05/02), em declarações aos jornalistas, no edifício do Parlamento Nacional (PN), em Díli.

O deputado acrescentou que, alguns dias depois, já se registam melhorias, sugerindo a todos os cidadãos que pensassem positivamente.

“Pensemos de forma positiva. Somos um povo que já sofreu muito ao longo de muitos anos. Ele [o Presidente da República] acredita que a verdade virá ao de cima durante o processo e que os líderes políticos se comprometerão na busca de soluções em prol do interesse do povo e do país”, solicitou.

Francisco Miranda Branco referiu ainda que a procura de soluções para este impasse político deve basear-se no artigo 74.º da Constituição da República Democrática de Timor-Leste (CRDTL).

“O artigo 74.º da CRDTL prevê que o Presidente da República seja o símbolo e garantia da independência nacional e da unidade do Estado. O regular funcionamento das instituições democráticas na busca de soluções não deve ser meramente jurídico, mas com base na Constituição”, referiu.

Lee hotu :   MOSAUN REJEISAUN FRETILIN LA PASA, PM TAUR: PROGRAMA GOVERNU BA POVU TOMAK

Questionado sobre o assunto, o deputado da Bancada do Partido de Libertação Popular (PLP), Sabino Soares ‘Guntur’, realçou que é o próprio Chefe do Governo que se deverá responsabilizar pelas declarações proferidas e esclarecer o seu teor.

“O processo social visa beneficiar o Estado e o povo. A meu ver, neste tipo de situações, todos devem dialogar, especialmente os partidos políticos com assento parlamentar, na procura de soluções. O Chefe de Estado é que provocou o impasse. Ele [o PR] deverá, pois, reconsiderar a sua decisão inicial. Os líderes da resistência e dos veteranos devem, como tal, estar unidos”, concluiu ‘Guntur’. ety

 

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
Bolseiru 17 husi Wuhan-Xina fila mai TL, MS sei kontinua halo observasaun ba sira

Diretora Jerál Prestasaun Saúde, Ministériu Saúde...

SERVE rejista kompañia 27.300 hala’o atividade negósiu iha TL

Diretor Ezekutivu SERVE, Florencio  Sanches hatete,...

Janeiru, klínika Bairo-Pité rejista ema 28 kona moras TBC

Doutór Klínika Bairo-Pité, Daniel Murphy, hateten...

Close