JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

CNRT: Cesta Básica só beneficia empresas e Governo, PM deve cancelar programa

CNRT: Cesta Básica só beneficia empresas e Governo, PM deve cancelar programa

A bancada do Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNRT) considera que a Cesta Básica “não beneficia o povo, mas apenas os empresários e membros do Governo”, pedindo, por isso, ao Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak,  que cancelasse o programa.

“Segundo informações que ouvi, os membros do Governo que fazem parte da equipa de distribuição ficaram até duas semanas nos municípios só para distribuírem as cestas em um ou dois locais. Isto significa que os custos operacionais são superiores aos da Cesta Básica”, defendeu o Vice-Chefe da bancada CNRT, Patrocínio Fernandes, ao jornalista do Semanário, no mês passado, no Parlamento Nacional. 

“Apelo ao Chefe do Governo que, se tiver sensibilidade para com o seu povo, cancele este programa, avalie adequadamente os seus mecanismos e procedimentos de implementação e procure uma nova estratégia, prevenindo, assim, a injustiça no seio da população”, pediu.

O deputado insistiu que será melhor que o programa seja cancelado”, porque “há vários aspetos que precisam de ser melhorados nessa política de Recuperação Económica para não trazer injustiça para o povo”.

“A distribuição das cestas dá apenas vantagens aos funcionários a nível nacional. O povo faz críticas, pois o programa não lhe traz benefícios. Isto, para mim, mostra uma tendência de corrupção”, defendeu.

Segundo Patrocínio, a Cesta Básica constitui “uma porta aberta pelo Governo para que os funcionários aproveitem para fazer corrupção”.

“A realidade mostra que o custo dos géneros alimentícios na cesta não corresponde aos 25 dólares. O que é pior é dizer que está a ser implementada uma política de aquisição de produtos locais, mas as empresas compram, na realidade, bens importados. Pior ainda é que não aproveitam os funcionários dos municípios para distribuírem as cestas, o que poderia reduzir os custos operacionais”, concluiu. ety

Lee hotu :   PPN Arão Noe konsulta PM , PN sei konfirma votu no hasai osan sosa asaun ConocoPhillips-Shell

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
TDD liberta ona eis prezidente KFP husi sela detensaun

Tribunál Distritál Díli (TDD) liu husi...

CNRT retira proposta hadi’a estrutura OJE 2021

Reprezentante povu iha uma fukun Parlamentu...

Minuto de silençio ba martir sira iha 7 de Dezembro

Atu dignifika martir sira ne’ebé mate...

Close