JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Taur garante crescimento de 3,9% do PIB não petrolífero no próximo ano

Taur garante crescimento de 3,9% do PIB não petrolífero no próximo ano

O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, garante, no próximo ano, um crescimento de 3,9% do Produto Interno Bruto (PIB) não petrolífero por o Orçamento Geral de Estado (OGE) para 2021 ser “o maior de sempre”.

“A nossa economia não recuperará totalmente nem imediatamente da crise sanitária, tal como os outros países, pois é preciso muito tempo para contornar os problemas. O nosso setor do turismo e da hotelaria continuará a sofrer um forte impacto. Os preços do petróleo mantêm-se voláteis. Há limitações na circulação internacional tal como no transporte de mercadorias”, disse Taur, no seu discurso na abertura do debate na generalidade do OGE de 2021, na segunda-feira (30/12), no Parlamento Nacional.

“Espera-se que os consumidores poupem. Os nossos parceiros comerciais continuam a debater-se com problemas económicos, como perturbações da procura e da oferta. Apesar disto, estimamos que o nosso PIB não petrolífero cresça 3,9% em 2021. Esta reviravolta deve-se, em parte, ao estímulo orçamental anunciado no nosso Orçamento do Estado”, acrescentou.

O governante referiu ainda que, caso a previsão do crescimento do PIB se concretize, será a maior taxa de crescimento desde 2014 e lembrou que a quebra deste ano se deve às crises política e sanitária.

Segundo o Chefe do Governo, a capacidade de estimular a economia permitirá uma recuperação mais completa, o bem-estar e um crescimento resiliente. Desejou ainda que o orçamento seja uma resposta económica forte, que impulsione a procura e a oferta bem como o emprego num momento em que a economia está deprimida. 

Taur salientou também a necessidade dos esforços do Governo no desenvolvimento e no combate à recessão económica, contornando os problemas estruturais e os choques do novo coronavírus e garantindo, desta forma, a recuperação económica.

“Com um crescimento populacional, a necessidade de catalisar o crescimento económico é mais importante do que nunca. O Orçamento do Estado do próximo ano prevê um gasto total de 1,895 milhões de dólares. Cerca de 9,1 milhões de dólares virão dos parceiros de desenvolvimento. O teto fiscal deste orçamento é 27% vezes superior ao do ano passado e equivale a cerca de três quartos do nosso PIB total”, lembrou.

“Ao todo, o nosso Governo gastará cerca de 1.400 dólares per capita. Aquilo que gastarmos trará retorno. Temos de restaurar a nossa economia e de satisfazer as necessidades e expectativas dos nossos cidadãos”, avançou.

O OGE para 2021 permitirá, como refere Taur, apoiar o país e evitar uma recessão económica mais profunda e prolongada, assegurando, desta forma, uma rede de segurança social forte em situações de crise.

Recorde-se que o OGE de 2021 foi aprovado na generalidade, nesta quarta-feira (02-12), com 44 votos a favor, zero contra e nenhuma abstenção, tendo os deputados da bancada do CNRT decidido abandonar o plenário. Oct

Lee hotu :   PR Lú Olo :Estadu sei fó apoiu ba CEPAD

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
Kansela ba Austrália, Traballadór hato’o keixa ba PN

Kandidatu traballadór ba Austrália kuaze na'in...

PNTL detein komunidade fa’an fugetes

Polísia Nasionál Timor-Leste (PNTL) liu husi...

Governu viola lei jestaun finanseira, CNRT walk out iha diskusaun OJE espesialidade

Liu husi inísiu diskusaun faze espesialidade...

Close