JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

CNRT: Governo deve ponderar questão da transformação de Ataúro em município

CNRT: Governo deve ponderar questão da transformação de Ataúro em município

O Vice-Chefe da Bancada do Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNRT), Patrocínio Fernandes, pede ao Governo que seja devidamente ponderada a transição do Posto Administrativo de Ataúro para município.

“É importante que o Executivo pondere bem o assunto, uma vez que isto vai implicar recursos, tanto financeiros como humanos. Não queremos promover uma boa governação só a um curto prazo e sem garantirmos o futuro”, afirmou.

Pediu, por isso, que fossem adequadamente identificadas e preparadas todas as questões relevantes, impedindo, desta forma, quaisquer impactos negativos.

“A Constituição prevê que a ilha de Ataúro e o enclave de Oé-Cusse se possam tornar em zonas especiais. Isto é correto e não acarreta nenhum problema. Mas a questão é a seguinte. Será que, em termos de recursos humanos e materiais, já estamos prontos? É oportuno ou não transformar Ataúro em município?”, questionou.

“Em princípio, não há problemas relativamente à legislação. É da competência do Governo definir as áreas administrativas. Contudo, o mais importante é que têm de ser bem ponderados todos os aspetos relevantes, porque já temos 13 municípios, cuja gestão provoca dores de cabeça, quanto mais aumentarmos outro município!”, referiu.

O Presidente da Comissão A do Parlamento Nacional, Joaquim Freitas, considera, por sua vez, ajustada a decisão do Governo de tornar Ataúro num município, porque esta iniciativa promoverá uma execução do Plano Estratégico de Desenvolvimento, principalmente o do Turismo Integrado.

Destacou, porém, a relevância de um estudo exaustivo de todas as questões específicas para garantir que o futuro município preencha todos os requisitos.

Recorde-se que o Governo anterior tinha já pensado em converter Ataúro numa zona especial. Contudo, o atual Ministério da Administração Estatal apresentou, na passada semana, em Conselho de Ministros, uma proposta para apreciação em relação à transformação da ilha a novo município timorense.

Lee hotu :   MSSI sei aumenta tan pesoál ba suku ne’ebé seidauk remata pagamentu

Ataúro dispõe atualmente de mais de nove mil habitantes, distribuídos pelos cinco sucos e 18 aldeias. Say

 

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
Governu lokál no PNTL limita movimentu husi Fatumea mai kapitál Covalima

Governu lokál ho Komando Polísia Nasionál...

Fatin ba vasinasaun COVID-19 hahú instala

Diretór Servisu Autónomu Medikamentu Ekipamentu Saúde...

Mais de 200 escolas timorenses requalificadas em 2021

Duzentas e vinte e uma escolas...

Close