JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Daniel do Carmo: Governo falha na preparação da distribuição da Cesta Básica

Daniel do Carmo: Governo falha na preparação da distribuição da Cesta Básica

O DiretorExecutivo do Fórum das Organizações Não Governamentais (FONGTIL), Daniel Santos do Carmo, disse, no âmbito do programa Cesta Básica, que o Governo não tem sabido preparar a distribuição da Cesta Básica por todos os agregados familiares em Timor-Leste.

Segundo Daniel do Carmo, apesar de o Executivo ter aprovado fundos para a implementação deste programa que visa estimular a economia a curto prazo, o certo é que se registaram algumas falhas no que toca à preparação para garantir o processo de distribuição de forma adequada.

“Em relação ao estado de emergência imposto pelo Governo para fazer face à covid-19, julgo que esta medida política é pertinente. O Governo pode obviamente prestar apoio, porque a situação socioeconómica de cada cidadão é diferente. No entanto, o nosso problema reside na fraca produção de produtos locais. Além disso, não dispõe de um mecanismo que permita efetuar uma adequada coordenação e colaboração entre os vários ministérios que lidam diretamente com o programa Cesta Básica”, referiu Daniel Santos dos Carmo, em declarações aos jornalistas do GMN, no Ministério das finanças, na passada semana.

O Secretário de Estado de Cooperativas (SECoop), Elisário Ferreira, disse, por sua vez, que esta secretaria implementadora do programa aceita estas críticas na medida em que considera normal que existam na fase inicial da sua implementação  determinados problemas.

“Toda a fase de preparação do programa depende da produção a nível local. Assim, nos locais onde se produzem vários produtos agrícolas, os responsáveis farão a sua recolha para os distribuir de novo à comunidade. A equipa responsável pela preparação da execução do programa arrancou em julho passado e presentemente encontra-se na fase de implementação”, afirmou o Secretário de Estado de Cooperativas (SECoop), aos jornalistas do Semanário, no Palácio do Governo, na passada semana.

Recorde-se que o total do orçamento previsto para o programa em causa ronda os 113,4 milhões de dólares americanos, provenientes do Fundo Covid-19. Deste montante, foram alocados 71 milhões de dólares americanos para o financiamento das atividades que serão implementadas entre os meses de novembro e dezembro deste ano. ani

Lee hotu :   ME aplika polítika pensaun ba profesór área remota hamosu diskriminasaun

Add to Comments Here!!!!

error: Content is protected.
Secured By miniOrange
You might also like:
Ladún partisipa iha loron boot, Gregório: Hamenus valor luta ba ukun rasik-an

Prezidente Komite 12 Novembru, Gregório Saldanha,...

Ekipamentu iha Aeroportu menus, Trafikante uza TL sai fatin tránzitu ba droga

Diretór Ezekutivu Fundasaun Mahein (FM), João...

Ilídio Ximenes: Polítikamente reasaun deputadu FRETILIN nian normal

Embaixadór Timor-Leste ba Japaun, Ilídio Ximenes,...

Close